Praticando a Palavra de Deus

Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos. (Tiago 1.22)

Logo no primeiro capítulo da carta de Tiago somos impactados por três advertências contra o engano (v. 16, 22, 26). O antídoto de Tiago contra o engano é a palavra de Deus ou “palavra da verdade” (v. 18), isto é, a revelação que Deus nos deu em Cristo e através do testemunho bíblico acerca de Cristo. Se prestarmos atenção à palavra de Deus evitaremos a tragédia de sermos enganados. Nossa resposta à palavra deve se dar em duas etapas.

Primeiro, ouvir atentamente o que a Palavra está dizendo. “Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar” (v. 19). Nossa tendência natural em todas as situações é responder precipitadamente. Expressamos de imediato nossa opinião, esquecendo-nos de que “a boca dos tolos derrama insensatez” (pv 15.2). Quase sempre, a última coisa que fazemos (e que deveria ser a primeira) é fechar a boca e escutar. É melhor escutar do que falar – este certamente é um princípio geral de ampla aplicação. Ouvir com atenção é a chave para um relacionamento harmonioso, e isso ainda é mais verdadeiro quando se trata do nosso relacionamento com Deus, pois ele nos exorta a ouvirmos a sua voz. Às vezes, porém, ouvimos apenas aquilo que queremos ouvir das Escrituras — os ruídos que ecoam dos nossos preconceitos culturais — e não percebemos o trovejar de sua palavra desafiando-nos a ouvi-la.

Segundo, agir de acordo com a Palavra de Deus. A metáfora do espelho empregada por Tiago é bastante reveladora (v. 22-23), pois o espelho nos transmite duas informações: ele nos diz como somos e, ao mesmo tempo, como devemos ser. o espelho diz: “Você está com uma mancha de lama no lado direito do rosto”, mas além de revelar a sujeira em meu rosto, ele também me diz que é melhor retirá-la. Sempre que nos olhamos no espelho devemos agir de acordo com aquilo que vemos. Semelhantemente, se contemplarmos atentamente o espelho da palavra de Deus, ela nos dirá não somente como somos, mas também como devemos ser.

A palavra de Deus deve ser ouvida, aceita e obedecida. Enquanto isso não acontece, não há verdadeiro discipulado.

Para saber mais: Tiago 1.16-27

 >> Retirado de A Bíblia Toda, o Ano Todo [John Stott]. Editora Ultimato.

Deixe um comentário